SindUTE cobra do governador repasse de consignado

Além da oposição, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas (Sind-UTE/MG) cobrou do governador Fernando Pimentel (PT) a regularização imediata dos repasses dos valores descontados dos servidores a título de empréstimos consignados. Como já foi noticiado aqui, o Estado não tem repassado os descontos feitos nos contracheques dos servidores aos bancos e instituições financeiras. Com isso, servidores têm sido inscritos no SPC (Sistema de Prevenção ao Crédito), impedidos de conseguir novos empréstimos, entre outras sanções. “A conduta do Governo do Estado é abusiva e ilegal. Fere, indiscutivelmente, a moralidade e a legalidade ao qual está sujeito”, diz nota (16 de novembro) do Sindicato dos professores, que admite ainda adotar medidas judiciais.

REPRODUÇÃO SITE:

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo