CDL/BH e Sebrae Minas irão ensinar empresas a sobreviverem na pandemia

No dia em que celebra 61 anos de história, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL/BH) promove mais uma ação em prol da capacitação e do desenvolvimento de empresas e startups. É o programa Varejo Inteligente Conecta, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Minas).


Nesta edição, após diversas pesquisas e estudo de mercados, as entidades vão priorizar as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) que estão sendo mais impactadas pela pandemia. As inscrições começaram nessa segunda (28), e podem ser realizadas até 11 de julho. Serão selecionadas 50 MPEs. O programa tem duração até novembro, é gratuito e aberto a associados e a não associados da CDL/BH.

“Em 2021, a proposta é selecionar segmentos chave de mercado que mais foram impactados na pandemia e auxiliá-los a se desenvolverem e a lidar com os desafios do seu negócio”, apontou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


Segmentos mais impactados


Dentre os segmentos mais impactados pela crise sanitária, revelados nos levantamentos feitos pelas entidades, o Programa focará em moda, turismo, academias e materiais esportivos. E mais, em educação e papelaria, por meio de entrega de metodologias de inovação e conexão com o ecossistema de startups. “Sabemos que todos os segmentos sofreram e estão sofrendo. Por isso, mesmo que uma empresa não se encaixe em algum desses setores, mas seja uma MPE de comércio e serviço e atenda aos critérios de seleção, elas estão aptas a se candidatar”, avaliou o presidente da CDL/BH.


Assim como foi em 2020, esta edição do Varejo Inteligente será realizada de forma on-line, com exceção de ações na 2ª fase do escopo que prevê modelo híbrido (presencial e on-line).


“Este é o momento de reinventar os negócios, expandir e encontrar o cliente onde ele estiver. Em meio à pandemia da Covid-19, o desafio das micro e pequenas empresas será lidar com a crise, com flutuações de seu caixa, sobreviver, e colocar o cliente no centro de tudo. Ao mesmo tempo em que se prepara para a retomada, mantendo-se competitivo no mercado. Ao longo do cronograma do Varejo Inteligente, os selecionados poderão estudar e vivenciar tudo isso mais intensamente, com empresas já consolidadas no mercado”, disse Souza e Silva.


Parceria com soluções inteligentes


O programa – O Varejo Inteligente Conecta é uma iniciativa da CDL/BH e do Sebrae Minas, que visa promover soluções inteligentes para os principais desafios das empresas varejistas. Também capacitar e desenvolver o modelo mental dos empresários, por meio de metodologias e capacitações e também pela conexão das empresas com o ecossistema de empreendedorismo e inovação local. Desde o seu lançamento, em 2016, o programa já capacitou 70 empresas e 115 startups.


“O que já era urgente passou a ser questão de sobrevivência para o setor de comércio e serviços. Tornou-se imprescindível inovar, se reinventar, fazer a transformação digital dos negócios. Mas, o ‘como fazer’ se tornou o ‘x’ da questão para as MPEs. Sabemos que elas identificam a necessidade, mas não sabem por onde começar. É neste momento que o Programa Varejo Inteligente Conecta se mostra mais que oportuno para ajudar esses empresários a responder suas questões e sobreviverem a essa pandemia”, adiantou o dirigente da CDL/BH.

(*) Com Ascom CDL/BH

LEIA MAIS: Dia sem imposto contesta tributos e destinação com desconto de até 70%


blog_orion.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES