Kalil vira candidato e vai apanhar muito mais por 2022 do que por 2020

Na convenção que o oficializou, neste domingo, como candidato à reeleição, o prefeito de BH, Alexandre Kalil (PSD), confirmou duas intenções. A primeira foi lançar-se à reeleição e a segunda, de não negociar o cargo de vice. Ao confirmar a candidatura à reeleição, Kalil homologou o nome de seu ex-secretário da Fazenda, Fuad Noman, para substituí-lo, como homem de sua confiança, em caso de deixar o cargo.

Esse é o ponto pelo qual o prefeito vai apanhar muito na campanha eleitoral municipal que vai ganhando corpo pouco a pouco. Além de tentar se reeleger e, em caso de obter sucesso, o prefeito sonha em virar candidato a governador em 2022. As duas coisas juntas, sua reeleição e candidatura a governador, mexem com interesses ampliados.

Kalil e seu candidato a vice na chapa de reeleição, Fuad Noman, foto PBH

Vamos a eles.Em primeiro lugar, apanhará dos candidatos rivais do prefeito desta sucessão municipal que terá o dia 15 de novembro como marco principal, torcendo para 2ª votação, no dia 29 seguinte. Em segundo lugar, do empresariado mineiro que detestaria vê-lo reeleito, mais ainda, se virar governador. Em terceiro lugar, daqueles que são pré-candidatos a governador, desde o atual, Romeu Zema (Novo), e outros como o senador Rodrigo Pacheco (DEM).

Por conta desses três desafios, o atual prefeito já está levando pedradas. A primeira saiu pela revista paulista Istoé, com jeito de panfleto apócrifo, apontou eventuais escândalos em torno da gestão de Kalil. Pelo lado do empresariado, o prefeito foi acionado na justiça, várias vezes, em favor da reabertura da economia na capital mineira na pandemia da Covid-19.

No dia 7 passado, o senador Rodrigo Pacheco e presidente estadual do DEM, apontou suposta incapacidade administrativa do prefeito em entrevista do jornal Estado de Minas. A prefeitura teria recursos, segundo ele, mas não estaria sabendo aplicá-los corretamente. Em sua convenção, Kalil respondeu, de maneira irônica: “acha que choveu dinheiro?”. Deve levar a tréplica na convenção do DEM desta segunda-feira.

LEIA MAIS: Começa a corrida eleitoral pelas prefeituras numa prévia das presidenciais

MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo