sodexo_blogs_julho_2022_Orion300.png

Congresso da AMM opõe Zema e Kalil perante prefeitos mineiros

A troca de farpas já tomou conta das redes sociais e deverá acontecer presencialmente, durante o 37º Congresso Mineiro do Municípios, criando o 1º fato político da pré-campanha. Kalil (PSD) e Zema (Novo) e o senador Carlos Viana, pré-candidato a governador pelo PL, confirmaram presença no debate com os prefeitos mineiros na quinta (2 de junho).

Zema, Kalil e Viana, reprodução site AMM


O evento é promovido pela Associação Mineira dos Municípios (AMM), no centro de exposições Expominas, região oeste de Belo Horizonte. A participação de pretendentes ao governo mineiro já é tradição no evento, que é palco importante de campanha junto aos prefeitos. Por serem lideranças locais, os prefeitos têm influência sobre os eleitores de sua região.


Eles podem até errar em suas opções, como aconteceu em 1994, quando lotaram o auditório do Minascentro (BH) para assistir à palestra do então favorito das pesquisas, Hélio Costa. Na hora da participação do tucano Eduardo Azeredo, no mesmo evento da AMM, eles deixaram o auditório para manter contato com Hélio Costa pelos corredores do congresso. Resultado, Azeredo foi o eleito naquele ano por razões da própria campanha eleitoral.


Primeiro fato político


O fato é que o encontro, ou a participação dos pré-candidatos, no congresso dos prefeitos representa o primeiro fato político importante da campanha eleitoral deste ano. Pelas regras aprovadas, cada candidato terá 35 minutos de exposição nas considerações iniciais e finais, dos quais 20 minutos para responder às perguntas. Serão quatro perguntas, iguais para todos, feitas pela Associação dos prefeitos.


Essa participação deles vai funcionar como espécie de aquecimento para o 1º confronto entre eles, que acontecerá na TV Band Minas, dia 7 de agosto. O debate abrirá a campanha eleitoral deste ano, quando os pré-candidatos deixam essa condição para ser candidatos.


No mesmo dia, também tomará posse o novo comando da AMM. Sai o atual presidente, Julvan Lacerda, e assume o prefeito de Coronel Fabriciano, Marcus Vinicius.


LEIA MAIS: PT briga, mas ser vice de Kalil sem ser da confiança dele pode dar ruim



MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO