CDL/BH recorre a campanhas para manter comércio ativo e sem riscos

Além de defender a reabertura do comércio, a CDL/BH iniciou campanhas, na quinta (22), para conscientizar comerciantes, funcionários e população. São ações que comunicam a importância do cumprimento dos protocolos de segurança para minimizar as possibilidades de disseminação do coronavírus.


Propagandas em rádio, carros de som em áreas comerciais, panfletos de orientação e Selo Loja Segura são algumas das iniciativas. De acordo com a entidade, a expectativa de vendas nesta reabertura é positiva, especialmente pela proximidade da 2ª melhor data em vendas para o comércio, o dia das Mães. Contudo, é preciso que os cuidados sejam mantidos.

Deputado Bruno Engler, líderes das federações do comércio, o presidente do TJMG, Gilson Soares, e o presidente da CDL/BH


“Mais uma vez temos a oportunidade de abrir as portas dos nossos estabelecimentos para fazermos aquilo que mais necessitamos no momento que é vender. Porém, a manutenção do comércio aberto será possível somente se conscientizarmos a todos que é fundamental o uso de máscaras, a limpeza das mãos com álcool gel e sempre evitar aglomerações”, pontuou o presidente da entidade, Marcelo de Souza e Silva.


Selo Loja Segura


O Selo Loja Segura da CDL/BH, lançado em agosto de 2020, auxilia o comerciante a se adaptar aos protocolos de segurança e prevenção. O orienta também na correta aplicação de todas as exigências para o funcionamento do seu estabelecimento e atendimento aos clientes de forma segura.


As lojas que estiverem cumprindo todos os protocolos de segurança e prevenção contra a Covid-19 recebem o selo, que fica exposto na vitrine. Ainda passa ao consumidor segurança de comprar naquele ambiente.

“Nosso maior objetivo é permanecer com o comércio funcionando, após tanto tempo de portas fechadas. Com o Selo, o cliente vai saber que aquela loja está seguindo os protocolos”, garantiu o presidente da CDL/BH.

A entidade também disponibiliza uma cartilha que pode ser consultada pelos lojistas para sanar as dúvidas sobre a readequação das lojas para receber os clientes. O material está disponível nesse link.


Contas de água e luz parceladas em 12 vezes


Ainda nesta semana, na terça (20), a entidade obteve conquista importante para os comerciantes durante reunião semipresencial com o governador Romeu Zema (Novo). No encontro, ficou definido que os comerciantes que possuem contas de água e luz em atraso com a Cemig e a Copasa poderão parcelar os débitos em até 12 vezes, sem entrada e sem juros. Os interessados têm até o dia 31 de maio para fazer a adesão.


"Esta é uma excelente notícia, especialmente neste momento tão complicado para os comerciantes. Este parcelamento é um alento e esperamos receber outras boas notícias do governo estadual para que tenhamos uma retomada qualitativa da nossa economia", pontuou o presidente da CDL/BH. O encontro aconteceu na sede do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.


Participaram ainda representantes da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Minas Gerais (FCDL-MG), a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas. E mais, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Minas Gerais (Fecomércio MG). A pauta foi discutir ações que possam, efetivamente, minimizar os impactos sofridos pela pandemia. (*) com Ascom/CDL/BH


LEIA MAIS: Ministro da Saúde reconhece que negacionismo agravou a pandemia



blog_orion.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES