top of page

Defensor do caso do incêndio de Janaúba: "Acordo evitou injustiça maior"

Cinquenta das 57 famílias afetadas pelo incêndio criminoso da creche Gente Inocente, em Janaúba (Norte de Minas), em 2017, já aderiram ao acordo por indenização por danos materiais e morais. As tratativas foram feitas pela Defensoria Pública de Minas junto à Prefeitura do município após 57 ofertas de acordo e cinco anos de intensas negociações.

Audiência do defensor Gustavo Dayrell e familiares, em Janaúba, fotos Ascom/ADEPMG


As vítimas irão receber valores de R$ 55 mil a R$ 110 mil. Confira a entrevista que o defensor público Gustavo Dayrell dessa comarca, o responsável por esse resultado, concedeu ao Blog. Segundo ele, o acordo amenizou um pouco a dor deixada pela tragédia. Dayrell ainda conta as idas e vindas da conciliação e fala também do papel da Defensoria que, segundo ele, vai além do campo judicial, focando também o lado humano e social da comunidade envolvida. Assista ao vídeo abaixo.

Defensor público da Comarca de Janaúba, Gustavo Dayrell: “atuação além da ação judicial”


Confira fotos de outras ações do defensor e da creche reformada


Ação social apoia famílias vulneráveis da comunidade, foto Ascom/ADEPMG

Creche foi reformada e ganhou nome da professora que morreu na tragédia, tentando salvar as crianças, foto Ascom/ADEPMG


Comentários


para maio 24.png
MAIS LIDOS
BannerBlogdoOrion_AsfaltoNovo300x250.png
NOVO BANNER FEV 23A.jpg
banner affemg e sindifisco contra rrf.png
RECENTES
ARQUIVO
bottom of page