Partido de Zema define candidato a prefeito para enfrentar Kalil em BH

Com a oficialização do vereador Mateus Simões (Novo) para o cargo de secretário-geral do governo Zema, o candidato a prefeito do partido, em BH, será Rodrigo Paiva. Atual presidente da Prodemge (empresa de tecnologia da informação do Governo de Minas), Paiva iria disputar com Simões as prévias partidárias para escolher a vaga. Os dois haviam sido aprovados no processo seletivo interno.

Rodrigo Paiva terá o apoio de Zema na eleição (Reprodução/Facebook)

Em nota, nesta quinta (12), o governo mineiro informou que Simões desistirá de disputar a Prefeitura para ocupar o cargo de secretário-geral na gestão estadual. E que ainda renunciará ao cargo de vereador da capital mineira por conta da nova missão.

Em seguida, o Partido Novo, em BH, divulgou nota confirmando o nome de Rodrigo Paiva para enfrentar o atual prefeito, Alexandre Kalil (PSD), que tentará a reeleição. As eleições acontecem no dia 4 de outubro próximo, em 1º turno.

Nome será apresentado à convenção municipal

“Fica definido que o pré-candidato, aprovado em nosso processo seletivo, a ser apresentado em convenção municipal para a candidatura à prefeitura de nosso município será nosso filiado Rodrigo Paiva”. A nota é assinada pelo presidente do Novo de Belo Horizonte, Bernardo Santos.

Santos ainda pede, na nota, o apoio de todos na construção de uma campanha para defender os valores e princípios do Novo. “E que assim, conquistemos resultados surpreendentes e que ajudem a mudança de nossa cidade”, finalizou o presidente do Novo de BH. Além dele e de Kalil, poderão disputar as eleições os pré-candidatos João Vitor Xavier (atual deputado estadual pelo Cidadania) e Mauro Tramonte (deputado estadual pelo Republicanos). Veja a nota do partido abaixo.

Nota do Partido Novo anuncia nome de Paiva (site do Novo)

Rodrigo Paiva disputou o Senado em 2018

Em 2018, Paiva foi candidato ao Senado em Minas Gerais, obtendo 1,342 milhões de votos, dos quais, 190 mil em Belo Horizonte. Após a vitória do Zema, fez parte da Comissão de Transição, quando liderou uma equipe de 2,5 mil voluntários que construíram o diagnóstico do Estado. Em janeiro de 2019, assumiu a presidência da Prodemge.

Rodrigo Paiva é engenheiro especialista em tecnologia, formado em Engenharia Civil pela UFMG. Fez mestrado no MIT – Massachusetts Institute of Technology em Cambridge, onde também atuou como representante dos estudantes brasileiros na instituição.

Novo terá só 4 candidatos a prefeito em Minas

Além da capital mineira, o Partido Novo aprovou candidaturas a prefeito em apenas outros três municípios: Araxá, terra do governador Romeu Zema, Poço de Caldas (Sul) e Contagem (Grande BH).

Em Contagem, o selecionado foi o empresário Márcio Bernardino. O coronel Frederico foi aprovado para a disputa de Poços de Caldas e, em Araxá, o escolhido é o empresário Emilio Neumann.

No país, o Novo abriu o processo seletivo para prefeituras em 68 municípios. Nas eleições municipais de 2016, foram abertos processos apenas em 5 capitais.

Medida abriu 1ª crise no partido de Zema

A decisão de lançar apenas quatro candidatos a prefeito em Minas, abriu a primeira crise no partido de Zema e deverá provocar desfiliações no interior mineiro. Muitos diretórios se preparam para a eleição, mas foram impedidos pela direção nacional.

O de Montes Claros, por exemplo, divulgou nota na qual acusou o diretório nacional de adotar decisões “absolutamente desastrosas”. “…Centralizaram a tomada de decisões cruciais nas mãos de meia dúzia de indivíduos, sem conhecer infimamente as realidades regionais”, acusou. A crítica foi dirigida ao presidente nacional, João Amoêdo, que, menos de dois meses depois, deixou o comando partidário.

Novo abre 1ª crise ao decidir ter candidatos só em 4 cidades e vetar nas outras

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo