Novatos e partidos menores saem na frente

Ao contrário dos partidos tradicionais, os partidos novatos e menores já escalaram o time. O Partido Novo, por exemplo, já tem definido os seus pré-candidatos, confirmando os nomes de João Amoêdo (presidente), Romeu Zema (governador), Paulo Brant (vice-governador) e Rodrigo Paiva (senador).

“Vários partidos estão nessa dança de cadeiras, na indefinição pela escolha, olhando para o próprio umbigo, para seus próprios interesses e nas coligações que trarão mais benefícios. Em contrapartida, o Novo já nasceu com a filosofia de colocar o cidadão e suas necessidades à frente do governo”, criticou o presidente regional do Partido Novo, Bernardo Santos.

O PSOL mineiro será representado na disputa ao governo pela professora de Economia da UFMG Dirlene Marques e pela professora da rede estadual Sara Azevedo, como vice. Para o Senado, lançaram Duda Salabert, a primeira mulher trans a disputar, no Brasil, a vaga, e o professor Túlio Lopes (PCB). O Rede Sustentabilidade terá, como candidato a governador, o professor João Batista Mares Guia; para vice, o nome apontado é o do empresário Eduardo Lucas e, a senador, o pré-candidato é Kaka Menezes, porta-voz do partido em Minas.

FOTO PARTIDO NOVO: Os pré-candidatos Paulo Brant e Romeu Zema

FOTO DIVULGAÇÂO SITE PSOL: Dirlene Marques é anunciada junto da vice e dos pré-candidatos a senador

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo