Pandemia e eleição levam 6 prefeitos mineiros à renúncia

17.04.2020

Até o momento, seis prefeitos renunciaram ao cargo nos últimos dois meses, alegando desgastes com o enfrentamento ao coronavírus. São os prefeitos de Bom Despacho, Coimbra, José Raydan, Matias Barbosa, Monte Carmelo e Varginha. Entre as razões apresentadas, estão problemas de saúde e as graves crises deste ano, como a das enchentes e da pandemia, além das eleições municipais deste ano.

Carlos Lopes renuncia ao cargo, foto Câmara Municipal de Matias Barbosa

 

Além dessas, nos últimos três anos, os prefeitos passaram por outros estresses. Entre eles, a queda e ameaça de queda de barragens e confisco de recursos municipais pelo Governo do Estado no total de R$ 7 bilhões. Desses, R$ 6 bilhões durante a gestão do ex-governador Fernando Pimentel (PT) e outro R$ 1 bilhão no governo de Romeu Zema (Novo).

 

Desde janeiro deste ano, Zema iniciou pagamento da dívida em 33 parcelas, referentes ao não repasse de impostos (ICMS e IPVA). São recursos constitucionais dos municípios que ficaram retidos nos cofres estaduais. A devolução está sendo feita após pressão da Associação Mineira dos Municípios (AMM) em acordo mediado pelo Tribunal de Justiça de Minas.

 

Eleições motivam dois deles

 

O primeiro pedido de renúncia foi do prefeito Carlos Lopes, de Matias Barbosa (Zona da Mata), no dia 9 de março. Alegou motivos pessoais. Seu filho, que é político também, será candidato a prefeito. “Então, desincompatibilizei-me três meses antes para ver se meu filho pode disputar”, justificou. Mesmo motivo apresentado pelo prefeito de José Raydan (Vale do Rio Doce), Elias Godinho. Ele pretende disputar o mesmo cargo na vizinha cidade de Santa Maria do Suaçuí. No dia 25 de março, o vice assumiu.

 

Motivos de saúde foram apresentados pelos prefeitos de Bom Despacho (Centro-oeste) e de Monte Carmelo (Alto Paranaíba) no dia 3 de abril. Como eles, o de Varginha, no dia 6 de abril, e de Coimbra, no dia 13 do mesmo mês.

 

AMM repudia desconfiança de deputados a prefeitos na pandemia

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo