Prefeitos fazem ato na sede do governo mineiro contra atrasos

Feitas as contas, somando todos os débitos, a dívida do Estado com os municípios mineiros pode passar de R$ 1 bilhão, apenas nos repasses de 2018, referentes às transferências do Fundeb origem (IPVA e ICMS), das cotas-partes do ICMS (25%) e IPVA (50%) e transferências dos juros e correções referentes aos atrasos de 2017. Em documento à Secretaria da Fazenda estadual, o presidente da Associação dos Municípios Mineiros (AMM) e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, pediu explicações ao Governo sobre os atrasos nos repasses, a diferença na transferência do Fundeb e solicita resolução da dívida do Estado com os municípios. Ainda não obteve respostas.

No próximo dia 2 de fevereiro, a AMM promoverá um dia de debates sobre a crítica situação financeira enfrentada pelos municípios mineiros e de tentativa de solução quanto à quitação da dívida do Governo do Estado com as administrações municipais. O “Encontro dos Prefeitos Mineiros” será das 9h às 15h, no Auditório JK, na Cidade Administrativa. Cerca de 500 dos 835 prefeitos mineiros devem participar do ato.

FOTO SITE AMM: Depois de pedir socorro na Assembleia, prefeitos vão à casa do governador

pecas_ead_blog_do_orion ouyt 21.png
MAIS LIDOS
RECENTES
banner amm 15 de junho 2020.png