Mais de 500 mil foram às ruas protestar contra Bolsonaro e 500 mil mortes

Em uma adesão crescente, mais de 500 mil pessoas foram às ruas do país, nesse sábado (19), em 427 atos em 366 cidades (das quais 25 capitais) para protestar contra Bolsonaro e as 500 mil mortes pela pandemia. Segundo o fórum de organizadores, as manifestações receberam um público total de 750 mil pessoas no país e em outras 42 cidades do exterior.

Ato reuniu cerca de 50 mil na capital mineira, fotos Roberto de Paula


No mês passado, houve 227 atos, distribuídos em 210 cidades no país e 14 cidades no exterior, com cerca de 420 mil pessoas. ​A maior adesão foi nítida em relação aos protestos de 29 de maio, também de oposição ao governo federal apesar dos riscos da pandemia.


A grande maioria usou máscaras, ao contrário do que ocorreu em atos (moticiata) a favor de Bolsonaro. Os manifestantes gritaram pelo impeachment do presidente, por mais vacinas contra a Covid-19 e por auxílio emergencial. As manifestações ocorreram no mesmo dia em que o país chegou a 500 mil mortos pela Covid.


Veja como foi o ato em Belo Horizonte










blog_orion.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES