Parceria põe 100 litros de álcool gel por dia em totens para usuários do transporte coletivo em BH

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) vão instalar totens com álcool gel para usuários dos transporte urbano na capital mineira. A iniciativa começa na próxima semana e vai distribuir 50 totens de álcool gel nos seis grandes terminais de transporte coletivo de BH. E mais, em 14 estações do sistema Move nas avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado, Pedro I e Vilarinho.

Presidente da CDL, Marcelo de Souza e Silva, durante ação social

Do total de 50 totens, 36 serão instalados nos terminais Vilarinho, Pampulha, São Gabriel, Diamante, Barreiro e Venda Nova. Os outros 14 serão distribuídos da seguinte forma: na Avenida Antônio Carlos, receberão o equipamento de higienização as estações Santa Rosa, UFMG, Mineirão, Colégio Militar, São Francisco, IAPI, Senai e Odilon Behrens.

Já na Cristiano Machado, os totens serão instalados nas estações Silviano Brandão, Feira dos Produtores, Cidade Nova e Ouro Minas. Na avenida Pedro I, na estação Lagoa do Nado, e em Venda Nova, nas estações MinasCaixa e Quadras da Vilarinho. Em cada uma das estações, será instalado um totem

.

Cerca de 800 mil pessoas transitam por dia nesses locais. O equipamento possui estrutura de Metalon com altura de 1,5 metro. Cada totem suporta 2,5 litros de álcool em gel. Ao todo, mais de 100 litros do produto serão disponibilizados diariamente para a manutenção dos totens.

"Os grandes terminais e as estações de transferência escolhidas são pontos estratégicos e de grande circulação de pessoas. Nosso objetivo é facilitar o acesso ao álcool gel para que as pessoas possam higienizar mãos e antebraço ao sair ou entrar nos ônibus", observou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

Ele também lembrou de outras parcerias com a Fiemg. “Instalamos mil faixas na cidade com mensagens educativas para o combate à disseminação do Coronavirus. E, nesta semana, começamos a nossa parceria no programa Estimulo 2020, para o qual a Fiemg disponibilizou R$ 100 milhões de crédito para as empresas. A CDL/BH está dando suporte para que as empresas tenham acesso mais facilitado a esse crédito

Queda de juros e mais parceria

Em abril deste ano, a CDL/BH lançou a campanha “Juro Zero”, sensibilizando os bancos públicos e privados a reduzirem drasticamente as taxas de juros em virtude da pandemia do Coronavírus.

“Espero que a redução da taxa básica de juros anunciada pelo Copom contribua para que os bancos ofereçam condições melhores para o acesso ao crédito”, disse o presidente da CDL. Ela aposta nessa possibilidade.

“Nesta semana mesmo, demos início aqui em Belo Horizonte, em parceria com a Fiemg, ao programa Estímulo 2020, com liberação de crédito com juros infinitamente inferiores aos que estão sendo cobrados pelo mercado”.

E disse mais, que é sem burocracia. “Como o próprio ministro Paulo Guedes admitiu, deixa o dinheiro empoçado nos bancos”, disse, referindo-se à burocracia.

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo