Fenafisco se inspira em Ulysses e diz que também “tem nojo da ditadura”

02.06.2020

Em nota pública, a Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco) condenou a “indústria criminosa da injúria e calúnia em série e da ameaça à integridade física das pessoas e ao funcionamento das instituições”. Sem citar nomes, viu nos recentes ataques à democracia e instituições “o propósito de impor o poder pela violência e de instaurar um governo de inspiração fascista no Brasil”.

Dirigentes da Fenafisco durante reunião em Brasília, foto site Fenafisco

 

Diante disso, apontou como imperiosa e urgente a união de todas as pessoas e organizações da sociedade civil comprometidas com a democracia. A Fenafisco adiantou que não irá se omitir. “...diante da perigosa escalada autoritária, que, a cada dia, se parece menos com mera retórica ou bravata e mais com um projeto político liderado por um grupo minoritário na sociedade, mas extremamente belicoso e intolerante”.

 

Inspirada no célebre discurso de Ulysses Guimarães, quando da promulgação da Constituição de 1988, a entidade também declarou o seu “nojo à ditadura e amaldiçoar a tirania e os tiranos”.

 

"Mais democracia e menos autoristarismo"

 

No manifesto, avaliou que o país precisa mais de democracia. “É de menos autoritarismo e violência que precisamos, e não de mais. É de um “gabinete da solidariedade” que precisamos, e não de um “gabinete do ódio”. A referência aqui foi feita ao grupo que, de dentro do Palácio do Planalto, dispara fake News e ataques às pessoas e instituições. A coordenação seria feita por um dos filhos do presidente Bolsonaro, Carlos, mais conhecido como 02. Ele é vereador do Rio de Janeiro, mas atua em Brasília.

 

Ainda na nota, a Federação observou que a História serve para garantir que a humanidade possa exercer plenamente o direito de cometer novos erros, “e não o de reeditar atrocidades do passado”.

 

A Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco) reúne os sindicatos filiados que representam cerca de 35 mil servidores fiscais tributários estaduais e distritais de todo o país. Entre eles, o de Minas, Sindifisco MG.

 

Leia a nota na íntegra aqui

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo