Iguais em Bolsonaro, pesquisas se opõem sobre Zema e Kalil em BH

06.12.2019

Após a divulgação da pesquisa do instituto Paraná, nesta quinta (5), sobre os governos feita em Belo Horizonte, o mineiro Quaest decidiu comparar seus números. No caso do desempenho do governo Bolsonaro (sem partido), os dados dos dois institutos se igualam dentro da margem de erro. No entanto, divergem, acima da margem de erro, na avaliação do governador Romeu Zema (Novo) e do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD).

Iniciativa compara duas pesquisas sobre os governo em BH, foto Orion Teixeira


De acordo com o Paraná, 35,4% dos belo-horizontinos aprovam a gestão presidencial, sendo que 9,9% a consideram ótima e 25,6% avaliam como boa. Para 28,6%, Bolsonaro tem uma gestão regular. São 33,9% que reprovam seu governo, dos quais 11,5% classificaram como ruim e 22,4%, como péssimo. Apenas 2,1% disseram não saber. Pelos números do instituto Quaest, 33% aprovam; 27% consideram regular e 38% reprovam; 2% não souberam responder.

Confira o campo das amostras


A pesquisa da Quaest foi feita nos dias 2 e 6 de novembro, depois de ouvir 1002 pessoas, residentes na capital mineira de 18 a 75 anos. O Paraná pesquisou entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro, ouvindo 812 eleitores acima de 16 anos. A margem de erro do primeiro é de 3%; o segundo, 3,5%.

A oposição maior entre os dois institutos se evidencia na avaliação de Zema (Novo) e Alexandre Kalil (PSD). No caso do governador Zema, pelo mesmo campo de pesquisas acima, o Paraná apontou que 35,1% consideram positiva; 35,2%, acham regular e 27,3% reprovam. Não souberam 2,3%. Pelos números do Quaest, 21% aprovam; 45% avaliam como regular e 28% reprovam. Os que não souberam foram 7%.

Seguindo a comparação, o instituto Paraná apontou que o governo Kalil obteve 56% de aprovação; 26% acham regular e 16% reprovam. Só 2% não souberam avaliar. Na pesquisa Quaest, 49% aprovam a gestão Kalil; 39% acham regular e 10% reprovam. Os indecisos são 1%.


 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo