Governadores ‘correm atrás’ da reforma perdida

Quem está se mexendo, se movimentando para não saírem derrotados na reforma da Previdência, são os governadores. Eles vão atuar para que estados e municípios sejam reincluídos na reforma. Não fizeram o dever de casa antes, mas isso também não quer dizer que não possam mudar o rumo das coisas, a partir desta quarta (10), em Brasília. Desde que se exponham, façam política de nível republicano para mostrar e convencer os deputados federais de seus estados que as mudanças seriam necessárias.

No caso de Minas, os dados da Secretaria federal da Previdência, do ano de 2017, registraram um déficit de 16,5 bilhões. Por isso, Romeu Zema reúne-se, hoje à noite, com a bancada federal de Minas, a segunda maior do país, para tentar reverter a derrota.

FOTO LUIZ MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA: Deputados federais começam a discutir a reforma da previdência em plenário

pecas_ead_blog_do_orion ouyt 21.png
MAIS LIDOS
RECENTES
banner amm 15 de junho 2020.png