Três inquéritos serão encaminhados à PF para investigação

27.03.2019

Ao todo, são cinco processos vindos do STJ contra o ex-governador Fernando Pimentel (PT), dos quais duas ações penais e três inquéritos, que serão encaminhados à superintendência da Polícia Federal para continuidade das investigações e diligências requeridas pelo Ministério Público. O STJ declinou de competência para a Justiça Eleitoral de 1º grau, que recebeu a denúncia da Vice-procuradoria-geral da República e que foi ratificada pelo Ministério Público Eleitoral.

 

Mais uma vez, a Justiça estadual poderá confirmar sua capacidade de julgamento de crimes dessa natureza em contraponto à Justiça federal, especialmente a de Curitiba, que se julga mais preparada.
No último dia 14 de março, o Supremo Tribunal Federal transferiu os julgamentos de crimes comuns ligados às campanhas eleitorais para a Justiça Eleitoral. Em outro caso famoso, o ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) foi condenado a 20 anos de prisão pela Justiça estadual, em julgamento que durou quatro anos, depois de seu processo tramitar na área federal por 16 anos.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo