A 26 dias da posse, Zema e Pimentel ainda não discutiram transição

07.12.2018

Depois da tempestade, deveria vir a bonança, mas a da política, entre o governo estadual que está saindo e o que está chegando, não tem fim; aliás, parece que ainda está em algum palanque eleitoral perdido. Ninguém busca o entendimento, até porque, para entender a difícil realidade financeira do estado, é preciso sentar, conversar e dialogar. O empresário Romeu Zema (Novo) já se elegeu governador e não tem mais o que ganhar além da responsabilidade de conduzir Minas nos próximos quatro anos.

Em vez disso, de mergulhar nos assuntos do estado, o governador eleito foi para Londres fazer um curso de gestão para compensar a falta de experiência. Um ou outro membro da direção nacional de seu partido estranhou. Por outro lado, até hoje, ele sequer procurou o atual governador do estado, Fernando Pimentel (PT), para conversar. Pelo menos, não se tem notícia de que teria pedido audiência ou de que, se pedida, tenha sido negada.

Isso seria fundamental para que essa aproximação, com espírito democrático, republicano e pacífico, influenciasse as duas equipes de transição. O que se vê é todos os dias, a cada conhecimento de uma realidade financeira e administrativa do estado, a equipe  de Zema ir à imprensa como se fosse denunciar algo. Em alguns casos, é logo em seguida contestada.

A equipe de Pimentel apresentou seu diagnóstico da crítica situação e ofereceu sugestão de ações para os primeiros 100 dias; a equipe de Zema fará o mesmo para o governador eleito. Enfim, está faltando bom senso; problemas, não, esses têm até demais. Zema foi eleito porque o eleitor se cansou das brigas do PT e do PSDB, que serviam a ambos para se vacinar das críticas e responsabilidades, e, agora, espera que o Novo apresente soluções para os problemas que estão aí. Ficar só culpando o antecessor e os rivais não trará o efeito desejado.

FOTO REPRODUÇÃO SITE BHAZ: Zema e Pimentel 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo