Sindicato constrange deputados favoráveis à reforma

17.02.2018

A falta de apoio político à reforma da Previdência ficou agravada ainda mais com o carnaval de protesto em Belo Horizonte e em todo o país. Aqui, em Minas, num gesto de ousadia, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Minas Gerais (o Sindifisco-MG) lançou campanha no início do mês, e que foi incrementada durante o carnaval, contra a aprovação das mudanças. E o foco da campanha foram os deputados mineiros que são a favor e os indecisos. 
A campanha espalhou outdoor pelas principais avenidas de Belo Horizonte e em pontos estratégicos do interior de Minas, com a foto de, pelo menos, 15 deputados federais que são a favor e dos que se dizem indecisos, alertando-os para os riscos de ficarem contra a maioria dos mineiros nessa matéria e de não serem reeleitos. 
É claro que a campanha repercutiu bastante na população e irritou os parlamentares pela exposição desfavorável. Assessores desses deputados têm telefonado para o sindicato reclamando da inclusão de seus nomes na lista de indecisos ou de favoráveis divulgada na campanha (www.quemvotacontravoce.com.br). Pedem a exclusão. Outros protestam e exigem a retirada de seus nomes.
A campanha teve como princípio o placar, com a intenção de voto dos parlamentares, produzido pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), em Brasília. Aos que reclamaram, o sindicato os convidou a gravar e enviar um vídeo com posição clara contra a reforma.
Durante o carnaval, o sindicato fez marchinha, que repercutiu em vários blocos da cidade, distribuiu leques e bottons alusivos à campanha e ainda assim sugeriu, provocativamente, a formação de um bloco caracterizado como o "Bloco dos ex-deputados", em referência ao destino dos parlamentares que votarem a favor da reforma. As ações, claro, repercutiram nas redes sociais e muitos deputados, agora, ficaram constrangidos em defender a reforma.
FOTO SITE SINDIFISCO/MG: Outdoors constrangem deputados mineiros sobre a reforma da Previdência

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo