Prefeitos fazem novo apelo a Pimentel

Cerca de 500 prefeitos de todas as regiões do estado deverão participar, no dia 2 de fevereiro, de mobilização na Cidade Administrativa (auditório JK), para fazer apelo ao governador e debater solução da dívida do governo mineiro com os municípios. Esse é o principal objetivo do “Encontro dos Prefeitos Mineiros”, que será promovido pela Associação Mineira de Municípios. Será um dia inteiro de debates sobre a crítica situação financeira dos municípios mineiros e de tentativa de solução. A crise se agravou com os atrasos nos repasses do estado a partir do início de 2017.

As dívidas do estado com os municípios com transporte escolar, IPVA, ICMS e na área da Saúde somam aproximadamente R$ 3 bilhões. “Já fizemos todas as tentativas: reuniões com secretários e o governador, mobilizações com os prefeitos, encontros com os deputados da bancada mineira, envios de ofícios ao governo e, até agora, não tivemos resposta definitiva do estado quanto à quitação da dívida conosco, prefeitos mineiros, e nossos municípios. Este evento será um apelo para o governador enxergar, definitivamente, que estamos pedindo os nossos direitos constitucionais, os repasses que são de direito dos municípios mineiros”, disse o presidente da AMM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda.

O dirigente acusou o governo, nesta segunda (2), de, além dos débitos acumulados, se apropriar, neste mês, de cerca de 80% do valor correspondente à cota-parte do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2018, devida aos municípios, em uma comparação feita com a arrecadação no mesmo período, de 1° a 16 de janeiro, de 2017. O governo mineiro não se manifestou sobre esse atraso.

FOTO REPRODUÇÃO SITE AMM

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo