Política será alvo preferencial do Carnaval 2018

11.01.2018

O Carnaval deste ano deverá ser um dos mais críticos à política brasileira, a exemplo do que tem acontecido nos últimos anos. Pelo menos, três escolas do Rio levarão o tema para o sambódromo. A Paraíso do Tuiuti vai criticar as novas regras trabalhistas, em vigor desde novembro, e as novas regras de fiscalização do trabalho escravo no país.

Aqui, em Belo Horizonte, o VII Concurso de Marchinhas Mestre Jonas já está com as inscrições abertas (até o dia 19 de janeiro). Uma das marchinhas que já está bombando é a que tem como o alvo o deputado federal e pré-candidato presidencial Jair Bolsonaro (PSC-RJ). O vídeo com a música e a letra (Bolsomico) já está no Facebook (veja aqui), com milhares de compartilhamentos e manda Jair ir ou voltar para a aula de história, já que ignora o autoritarismo político vivido pelo Brasil durante 20 anos com a ditadura militar.

Além de Bolsonaro, o prefeito João Doria (PSDB), de São Paulo, o Movimento Brasil Livre (MBL) e o ator Alexandre Frota são criticados na marchinha. Em 2014, fez sucesso a marchinha “Baile do Pó Royal”, que ironizava a apreensão de um helicóptero, de propriedade da família do senador Zezé Perrella (PMDB-MG), com toneladas de pasta-base de cocaína.

FOTO REPRODUÇÃO:  Dória e Bolsonaro são temas da marchinha

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo