Copasa culpa gestão anterior por falhas atuais

Sobre notícia aqui divulgada, sob o título "Prefeitos ameaçam romper contratos e processar Copasa", postada no dia 25/10, a Copasa enviou a seguinte nota:

“A Copasa está presente em 636 municípios mineiros e trabalha com transparência, se colocando à disposição dos municípios, Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa e população para prestar esclarecimentos de suas ações e sobre o que realizou ou deixou de realizar nos últimos anos nas cidades em que detém a concessão.

Atualmente, Minas Gerais enfrenta uma das mais graves secas registradas no Estado, o que levou à falta d’água em municípios que antes nunca tinham passado por este problema. A insatisfação dos prefeitos, compreensível, é consequência da falta de investimentos que deveriam ter sido realizados no passado, mas não foram feitos.

Com a severa estiagem em Minas Gerais, essa falta de investimentos fica muito evidenciada. A Copasa está em permanente diálogo com os municípios, mostrando o que tem sido feito em relação à situação atual. A Companhia está trabalhando para amenizar a situação, investindo em proteção de mananciais e nos sistemas de abastecimento, com captações adicionais e reforço na infraestrutura para o atendimento das populações. São obras que, caso fossem feitas no passado, evitariam a falta d’água em várias cidades”. A nota é assinada pelo Delano Laine Superintendente de Comunicação Institucional da companhia.

FOTO SITE COPASA:

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo