Pedida prisão de Aécio pela terceira vez

Pela terceira vez, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu, nesta segunda-feira (31), a prisão do senador mineiro Aécio Neves (PSDB) ao Supremo Tribunal Federal. O pedido é um recurso de Janot à decisão do ministro Marco Aurélio, que, como outro ministro, Edson Fachin, havia negado as solicitações anteriores.

Aécio é acusado de pedir e receber R$ 2 milhões do empresário Joesley Batista, da JBS, conforme conversa na qual ele foi gravado pelo segundo. Janot voltou a pedir o afastamento do tucano do mandato de senador. No dia 30 de junho último, Marco Aurélio autorizou a volta dele ao cargo do qual havia se afastado por decisão de Fachin.

A diferença, agora, é que o recurso de Janot deverá ser, se colocado em pauta, julgado pela 1ª Turma do STF, que inclui, além de Marco Aurélio, outros quatro ministros: Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luís Roberto Barroso e Luiz Fux. Ainda em junho, por 3 votos a 2, esses ministros mudaram decisão e autorizaram a irmã e o primo de Aécio, Andrea Neves e Frederico Pacheco, envolvidos na mesma acusação, a trocar a prisão pela prisão domiciliar.

FOTO REPRODUÇÃO BLOG MARCELO AULER

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo