Minas terá Conselho LGBT; sua capital, não

30.06.2017

No dia do orgulho LGBT, a Assembleia Legislativa de Minas recebeu, na quarta (28), Projeto de Lei (PL) 4.398/17, do governador Fernando Pimentel (PT), que institui o Conselho Estadual de Cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. A Câmara de BH barrou proposta com objetivo semelhante. 

No documento, o governador defende o tratamento igualitário e o respeito aos direitos humanos, independentemente de orientação sexual, identidade de gênero e sexo, para a promoção da cidadania e do respeito à diversidade. 

O conselho terá como finalidade propor políticas públicas e diretrizes de ação governamental para essa população. O órgão terá composição paritária entre o poder público e a sociedade civil e será integrado por 28 membros, não remunerados para a função. Foi aprovada audiência pública para debater o projeto.

Ainda no dia 28, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) usou a tribuna da Câmara dos Deputados para dizer que tem orgulho de ser “viado”. A fala foi resposta a mais um ataque homofóbico que o parlamentar recebeu de colega, que não teve o nome citado. “No dia do orgulho LGBT, eu quero dizer a todos que acham que vão me insultar me chamando de viado nessa Casa porque se incomodam com a minha presença aqui, porque não estão habituados a ver um homossexual num espaço de poder e como autoridade da República que eu, sim, tenho orgulho de ser viado”, afirmou.

Veja aqui discurso de Jean Wyllys

foto Revista Cult: Jean Wyllys

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo