Riscos de prisão e cassação para Aécio

Se o Supremo Tribunal Federal aplicar o mesmo rigor com que manteve a prisão preventiva de Andréa Neves, nesta terça (13), no julgamento do pedido de prisão de seu irmão, o senador afastado Aécio Neves (PSDB), o tucano pode esperar pelo pior no próximo dia 20. Por uma maioria apertada, de 3 a 2, foi mantida a prisão da irmã, ocorrida no dia 18 de maio, por envolvimento em esquema de propina para Aécio, que foi gravado pedindo R$ 2 milhões à JBS.

Ao contrário da jurídica, a situação política do senador afastado está melhor. Tanto é que ainda não aconteceu seu afastamento como havia determinado o STF. Ele continua ativo pelo Senado, recebendo seus salários, embora não tenha ido lá pessoalmente. A eventual cassação dele é algo mais distante. Dizem em Brasília que a manutenção do apoio e da presença do PSDB no governo seria acordo para salvar o mandato de Aécio. A blindagem, no entanto, pode cair se o STF decretar sua prisão na semana que vem.

FOTO O GLOBO

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo