Vácuo na sucessão mineira é campo aberto a outsider

09.06.2017

O governo inteiro comemorou como vitória o resultado do julgamento que inocentou o governador Fernando Pimentel (PT) de uma das três ações penais apresentadas contra ele no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O assunto referia-se a fato ocorrido há 14 anos, quando era prefeito de Belo Horizonte, mas outras duas, e mais graves, estão na fila aguardando a manifestação do mesmo tribunal. A situação pessoal do governador é delicada, mas não é desastrosa nem dramática, quase terminal, como a do senador afastado Aécio Neves, também afastado do comando do PSDB nacional.

Ainda assim, a conclusão do mandato e a possível reeleição de Pimentel ficam ameaçadas pela falta de entregas, obras e realizações. Ao contrário dele, os tucanos têm, até o momento, mais entregas caso venham a disputar, embora não tenham nomes para o enfrentamento.

Sobram, então, duas questões para o ano que vem: Aécio sai dessa ou não? Descartado por um cartão vermelho, não possui chances de se recuperar a tempo, talvez, por muito tempo. Se sair dessa, poderá, no limite, virar deputado federal e tentar reagrupar sua turma. Para Fernando Pimentel, o desafio é saber se e como chegará ao final do mandato, passando a sensação de que Minas vai bem. Há duas publicidades do governo no ar, a primeira divulga um aplicativo da Copasa, que não leva a nada nem mostra melhoria em seus serviços; outra, diz que o governo está ouvindo o cidadão, mas sem exibir resultados.

Por conta dessas duas incertezas, envolvendo as duas maiores lideranças políticas do estado, criou-se um vácuo na sucessão mineira, cuja campanha começa daqui a 10 meses, deixando o campo aberto para um típico outsider, aventureiro: um nome muito conhecido, desvinculado da política tradicional e com capacidade de realizações, tal qual encarnou Alexandre Kalil (PHS) em sua eleição a prefeito de Belo Horizonte.

FOTO BHAZ: Pimentel e Aécio vivem dilemas políticos e pessoais antes da sucessão de 2018

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo