Aécio enviou apelo a Pimentel para segurar denúncia

Em conversa telefônica, grampeada pelo Polícia Federal, o senador Aécio Neves e presidente nacional do PSDB, hoje afastado dos dois cargos, recorreu ao deputado federal Gabriel Guimarães (PT) para levar ao governador Fernando Pimentel (PT) apelo para que ele “segure” o “louco” do deputado estadual Rogério Correia (PT). O tucano referia-se às denúncias que Correia fazia contra ele junto à Procuradoria da República, de esquema de propinas na estatal Furnas (federal).

Aécio faz o pedido a Guimarães de maneira cordial, chamando Pimentel de “amigo”, mas insinua que, caso contrário, terá que colocar seus aliados na Assembleia Legislativa para contra-atacar, batendo no governador. Para demonstrar boa vontade, Aécio ainda sinaliza interesse em adequar, no Senado, o projeto de renegociação das dívidas dos estados que tramitava no Congresso Nacional, impondo exigências aos estados que aderissem, como venda de estatais e congelamento de salários de servidores e de concursos. Pimentel foi contra o projeto e não irá aderir à renegociação.

“Sei que é muito complicado, mas é aquela velha história, o doido de cada lado que a gente tem de estar administrando. Hoje, de novo, entrou com negócio e tal…Fica a imprensa atrás de mim, não custa o cara (Pimentel) dar uma ligada. O cara está aí cheio de gente no governo, parente… Dá uma ligada pra ele e pede para baixar a bola. Senão volta de novo a nossa turma. Estamos num momento que não dá para fazer graça, entendeu? Conversa com o Fernando aí, estamos tentando construir um caminho adequado. Veja se ele ajuda daí, senão os doidos daqui também, já viu né?”, diz Aécio, que ouviu de Guimarães uma resposta animadora, de que iria conversar “agora” com o governador.

Guimarães não retornou à ligação nem o governador se manifestou sobre o assunto, mas Rogério Correia reagiu: “Aécio Canalha! Deu golpe com Temer, Cunha e Gilmar Mendes e, agora, pede socorro no PT, que chamou de organização criminosa. Ainda bem que Pimentel nunca me pediu nada para este golpista!”, disse Correia, afirmando ainda que Gabriel estava em “péssima companhia” e que foi “muito cordato”. “Incrível. Ele ameaça o governador Pimentel com os seus "cachorros doidos". Não é à toa que, em MG, todos comentam que a operação acrônimo (que investiga Pimentel) é uma armação da turma dele”, acusou o petista.

Ouça aqui o áudio.

FOTO REPRODUÇÃO PORTAL BHZ: Conversa de Aécio e Gabriel foi gravada pela PF

video sonegação2.png
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo