Aécio é interrogado pela Polícia Federal

02.05.2017

 

Seis dias depois de ter sido beneficiado por decisão do ministro Gilmar Mendes (STF), que impôs abertura das delações de que é alvo, o presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, foi interrogado, nesta manhã (2/5), durante uma hora, pela Polícia Federal.

Aécio é investigado em inquérito que apura supostas irregularidades em Furnas, empresa federal de energia sediada em Minas. A suspeita é de que ele recebeu propina de Dimas Toledo, ex-diretor de Furnas. Haveria um esquema de desvio de dinheiro na estatal. Este é um dos 7 inquéritos nos quais Aécio é investigado no STF. A defesa do senador afirmou se tratar de suspeitas sem base concreta. Outros inquéritos tratam de recebimento de caixa dois eleitoral e de propina durante a construção da Cidade Administrativa, a nova sede do governo estadual. O senador contesta as denúncias e nega irregularidades. Curiosamente, a PF poupou o senador e não convocou a imprensa para o registro de praxe que faz nessas ocasiões. 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo