Renan tenta purgar os pecados e ataca reformas

28.04.2017

O líder do PMDB no Senado e ex-presidente do Senado, Renan Calheiros, está aumentando o discurso crítico às propostas e reformas de Temer. E ainda prevê que o texto será alterado no Senado ao criticar que o presidente quer empurrar "goela abaixo" dos trabalhadores uma "retirada de direitos".

Renan lidera hoje a bancada do partido dele e do presidente, mas não tem mais a força de presidente do Senado. Provavelmente, já percebeu que quem ficar a favor de Temer morrerá politicamente no próximo ano. No meio do furacão que derruba os políticos, Renan busca se salvar já que é investigado em vários inquéritos da Lava Jato.

Por isso, ele começou a atacar a reforma trabalhista, que deve começar a ser discutida no Senado nas próximas semanas.

Criticou o desmonte dos sindicatos, com o fim da obrigatoriedade do imposto sindical e com a prevalência de acordos sobre a legislação. Na verdade, um desmonte histórico e no momento ruim de recessão, com o país registrando cerca de 13 milhões de desempregados. (foto El País)

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo