Magalhães volta para “apimentar” Câmara de BH

07.04.2017

 

Wellington Magalhães (PTC) voltou hoje (7) à Câmara de Belo Horizonte. É como disse um vereador “O Wellington vem para apimentar mais o Legislativo”. Outros acham que ele não irá se meter em disputas por conta de sua situação política fragilizada após as investigações de fraude em processo licitatório de publicidade no período em que ele foi presidente da câmara e, por isso, ficou afastado por 120 dias (até 6 de abril).

 

Ele chegou dizendo que será independente; isso, em política, quer dizer, oposição. Com certeza, ele não ficará de braços cruzados assistindo à cena política, como também não ficou no período de afastamento. É um ingrediente novo e de instabilidade para a relação política do prefeito Alexandre Kalil (PHS), com a Câmara que paralisou os trabalhos legislativos e não aprovou nada até agora, quatro meses depois da posse.

 

Kalil está se preparando; colocou um ex-presidente da Câmara, Léo Burguês, para cuidar da base política e liderar os aliados na casa. Terá então agora mais esse ingrediente apimentado de ter um o ex-presidente da Câmara, até pouco tempo todo poderoso, de volta, que é o Magalhães.

 

Seja como for, o que está sinalizando é que o prefeito Kalil já se esqueceu do candidato Kalil, que falava que a política ia mudar. Talvez, nem tanto para evitar mais conflitos com a Câmara. A volta de Magalhães deverá reforçar essa tese. Muda alguma coisa para nada mudar, como diriam os cientistas. Magalhães deverá atuar fortemente nos bastidores. A hora é de Kalil provar que vai mudar mesmo a política ou, para sobreviver, deixar tudo como está. FOTO EM/DA Press)

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

MAIS LIDOS

Anastasia descarta assumir vaga em Ministério

15.03.2017

1/4
Please reload

RECENTES
Please reload

ARQUIVO
Please reload

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo