Ano termina poderes quebrados

Dificilmente, o presidente Michel Temer conseguirá fazer do limão uma limonada (receita de políticos) no pronunciamento desta noite de Natal – se é que irá fazê-lo – para deixar uma “mensagem de otimismo”, como defende parte desse governo partido. Até mesmo um simples pronunciamento, é motivo de racha. Metade acha que sim, outra, que não; o presidente, nem uma coisa muito menos aquela. Não tem opinião própria, como demonstrou nesses oito meses de governo. Não cumpre o que promete e recai no vaivém.

blog_orion.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES