13ºsalário adiantado e FGTS podem abater dívida de água, luz e bancos

Os saques extraordinários do FGTS e a antecipação do 13º salário a aposentados e pensionistas do INSS devem injetar na economia do país quase R$ 86,7 bilhões. A medida alcança mais de 72 milhões de pessoas, que, por meio do recurso, poderão quitar dívidas e reduzir a inadimplência.

Contas e inflação alta atormentam cidadão deste o início do ano, foto Divulgação


De acordo com a última pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), divulgada em fevereiro, o belo-horizontino iniciou 2022 inadimplente. As principais dívidas dos moradores da capital são referentes a banco, água e luz.


Impacto maior para aposentados


“Vivemos ambiente inflacionário, com redução do poder de compra da população e reajustes de preços de planos de saúde e remédios, impactando diretamente a faixa etária contemplada. A entrada deste capital vai trazer um alívio para esses consumidores, que poderão pagar as dívidas”, avaliou o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.


O dirigente aconselhou ainda que os consumidores optem por quitar os débitos mais urgentes. “O ideal é que as famílias utilizem o dinheiro para eliminar as dívidas mais urgentes no dia a dia como água, energia elétrica e cartão de crédito. Deixar o cadastro de negativados é essencial para manter a saúde financeira, especialmente em momentos delicados como o que estamos atravessando”, orientou.


Impactos no varejo


Como os pagamentos serão realizados perto do Dia das Mães, no dia 8 de maio, a expectativa é que as pessoas que não estejam endividadas destinem esse dinheiro para as compras da data. “Para o varejo é vantajoso, especialmente pelo pagamento coincidir com uma das datas mais importantes do comércio: o Dia das Mães. Certamente muitos irão aproveitar o valor do saque para garantir o presente das mães. Com isso, os lojistas poderão alavancar as vendas da data e caminharem para o segundo semestre com um pouco mais de tranquilidade”, disse.



DLI_BLOG_ORION.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES
banner amm 15 de junho 2020.png
ARQUIVO