CDL/BH avalia que medidas de Kalil contra Covid-19 são ineficientes

Apesar do fechamento do comércio e do isolamento social em Belo Horizonte, o número de casos e mortes por Covid-19 aumentou em mais de 230%, apontou a Câmara de Dirigentes Lojistas. Desde o dia 29 de junho, somente os serviços considerados essenciais pela prefeitura estão funcionando. O prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou, naquela data, que o retrocesso na reabertura do comércio serviria como prevenção à transmissão do Coronavírus na cidade. O prefeito Kalil e o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, fotos Ascom-PBH e CDL-BH “Ainda assim, o número de casos confirmados de Covid-19 na capital passou de 5.510, em 28 de junho, para 18.415, em 28 de julho, conforme os boletins da Sec

Maioria de BH reprova atuação de Bolsonaro e Zema na pandemia

Se Bolsonaro não mudar sua relação de negação da pandemia, ela poderá ser o epitáfio político do presidente. De acordo com o instituto Paraná Pesquisas, o governo dele é aprovado por apenas 14,4% dos belo-horizontinos no combate ao coronavírus. Os dados são de pesquisa feita entre os dias 22 e 25 de julho depois de ouvir 820 pessoas acima dos 16 anos em Belo Horizonte. Bolsonaro e Kalil se encontraram quando ainda era possível conversar, foto Ascom/PBH Em parceria com a Band Minas, a pesquisa está registrada no TSE sob o nº MG 03074 2020, já que tem avaliações eleitorais também. O grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 3,5% para os resultados gerais. O resultado não

Bolsonaro e Lula entram na briga pela prefeitura de BH por seus candidatos

Era só um treino, mas parecia jogada ensaiada. No mesmo dia (quinta, 23) em que o ex-presidente Lula (PT) deu entrevista falando da eleição em BH, o presidente Bolsonaro, alertado, fez live mandando recado sobre mesmo tema. Lula reapareceu e conversou com o jornalista Eduardo Costa (Rádio Itatiaia) sobre vários assuntos. Disse que o PT está vivo e que terá candidato próprio a prefeito da capital mineira, no caso, o pré-candidato Nilmário Miranda, que foi seu ministro dos Direitos Humanos (2003/2005). Lula disparou críticas contra Bolsonaro (Ricardo Stuckert/Lula e Marcos Corrêa/PR), colagem BHAZ Em sua live das quintas, Bolsonaro disse que não quer entrar nas disputas municipais, mas que, em

Filiado ao Novo difama professores e policiais durante live de Zema

Durante a live do governador Romeu Zema (Novo), na qual xingou servidores e os acusou de receber vantagens em troca de apoio, um seguidor e filiado ao Novo foi ainda mais agressivo. Em seus comentários, Guilherme Maciel, do Novo de Juiz de Fora (Zona da Mata), postou ofensas a professores a quem os chamou de “bando de burros”. Aos policiais, os difamou, tachando-os de “bandidos de farda”. Veja as postagens nas redes sociais. Postagens feitas por Guilherme Maciel durante live de Zema, reprodução Instagram Em sua manifestação, feita na segunda (20), o governador criticou os servidores e seus representantes associativos por serem contra a reforma da previdência. Insinuou que estavam acostumados

Policiais civis vão ao STJ conta Zema e convocam novo ato contra sua reforma da previdência

Ao lado do deputado Sargento Rodrigues (PTB), os presidentes de sindicatos e associações de policiais civis mineiros convocaram ato contra a reforma da previdência no dia 6 de agosto. A decisão foi tomada durante reunião na sede do SINDPOL para traçar estratégias contra o “pacote de maldades” encaminhado pelo governador Romeu Zema (Novo) à Assembleia Legislativa. Na avaliação deles, a reforma trará muitos prejuízos à carreira dos servidores públicos civis. Lideranças dos policiais fazem convocação, reprodução Whatsapp Eles reivindicam que a reforma não alcance os policiais civis a exemplo do que acontece com os policiais militares, que são vinculados à previdência federal. Por outro lado, pr

Assembleia reduzirá em 2 anos idade de aposentadoria de servidoras mineiras

O relator da reforma da previdência, na Assembleia Legislativa, Cássio Soares (PSD), adiantou que reduzirá em 2 anos a idade mínima na aposentadoria das servidoras públicas estaduais. A informação foi dada durante o programa Entrevista Coletiva, da TV Band Minas, que irá ao ar neste sábado (25), às 18h50. O deputado Cássio Soares (PSD) e a presidente da Affemg, Maria Aparecida Meloni (Papá), colagem com fotos da ALMG A mudança será feita na proposta oficial do governador Romeu Zema (Novo). De acordo com o texto original, as servidoras mulheres teriam que trabalhar mais sete anos para se aposentar, de 55 anos para 62 anos. Já os homens terão que trabalhar mais cinco anos, de 60 para 65 anos.

Zema perde e sua reforma da previdência será adiada para 31 de dezembro como a dos municípios

Em mais uma derrota do governador Romeu Zema (Novo), o prazo imposto pelo Ministério da Economia para a reforma da previdência de estados será prorrogado para 31 de dezembro. A decisão irá beneficiar também os municípios que não conseguiram fazer a própria adequação à luz da previdência geral, aprovada pelo Congresso Nacional. Com isso, a discussão da reforma volta à estaca zero a partir de agosto. Zema falou, por telefone, com o ministro Paulo Guedes, mas não obteve sucesso, foto (de março deste ano) do Ministério da Economia A informação foi dada a Zema após contato, por telefone, com o ministro Paulo Guedes (Economia). Zema queria prazo, no máximo, até 31 de agosto, para reduzir os desgas

Zema desarma ‘consenso’ da reforma da previdência e mantém o palanque

Ao espalhar declarações, de caso pensado, o governador Romeu Zema (Novo) conseguiu o que queria. Não foi por ingenuidade, mas o fez para desmontar o consenso que estava sendo construído pela aprovação de sua reforma da previdência. Tanto é que a reunião de líderes partidários na Assembleia, prevista para ontem, foi desmarcada após o disparo das críticas do governador. Na pauta, a busca de um consenso mínimo para viabilizar a aprovação da reforma. Se a conta de votos não fechava, agora ficou mais distante. Romeu Zema esbraveja e faz denúncias contra servidores, reprodução Facebook de Zema Zema não falou para os deputados estaduais nem concedeu entrevista à imprensa, dirigiu-se apenas às redes

Pesquisa exclusiva: Zema só tem 28 dos 48 votos para aprovar a reforma da previdência

Se a reforma da previdência, proposta pelo governador Romeu Zema (Novo), fosse votada hoje na Assembleia Legislativa, ela seria derrotada por 48 votos e teria apenas 28 a favor. Para que a nova previdência estadual seja aprovada, o governo precisa de 48 votos a favor por se tratar de uma PEC, Proposta de Emenda Constitucional. Nela, serão alterados tempo de contribuição, alíquotas e regras de transição. A sondagem exclusiva foi feita pelo Blog do Orion desde a chegada do texto da reforma, no dia 19 de junho, e vem sendo atualizada permanentemente sobre o voto dos 77 deputados estaduais. Policiais civis marcaram novo ato contra a reforma para o dia 6 de agosto, foto Sarah Torres/ALMG Foi ess

“Vamos fracionar ainda mais as alíquotas da previdência”, diz presidente da Assembleia

O presidente da Assembleia, Agostinho Patrus (PV), adiantou que a tendência na Casa é de fracionar ainda mais as alíquotas da contribuição previdenciária propostas pelo governo Zema (Novo). O texto oficial prevê quatro faixas da taxação, de 13%, 14%, 16% e 19%. “Os técnicos da Assembleia estão estudando esse fracionamento maior das alíquotas. Secretários Igor Eto e Otto Levy recebem o resultado do seminário da reforma de Agostinho Patrus, foto Clarissa Barçante/ALMG A tendência, hoje, é o escalonamento em vez de alíquota única, confirmou Agostinho Patrus ao programa Entrevista Coletiva, da TV Band Minas, que irá ao ar neste sábado (18), às 18h50. “Vamos criar faixas em que a arrecadação seja

Promotor com 10 anos de casa poderá ser chefe do Ministério Público de Minas

A Assembleia Legislativa vota, antes do recesso previsto para sexta (17), o projeto do procurador-geral de Justiça, Sérgio Tonet, com novidades para a própria sucessão. Uma delas é a realização da votação por meio eletrônico por conta da pandemia do coronavírus. A mudança maior é institucional e permite que promotor, com 10 anos ou mais na carreira, poderá disputar as eleições para o cargo de chefe do Ministério Público de Minas Gerais. Até então, só procurador de Justiça, cargo que atua na 2ª instância do Judiciário, poderia se candidatar. Enéias Xavier e Sérgio Tonet, fotos William Dias/ALMG e Karina Coutinho/TCMG O Projeto de Lei Complementar (PLC) 45/2020 tem o objetivo de alterar o arti

Falta de liderança agregadora agrava a crise sanitária com trombada institucional e política

Na falta de coordenação e de uma liderança agregadora, o país segue à deriva dos acontecimentos e do voluntarismo de alguns. Muitos se preocupam mais com as críticas à omissão e às responsabilidade não assumidas em vez de reagir à trágica marca de mil mortes por dia na crise sanitária da pandemia do coronavírus. Confira AQUI meu comentário para a Rádio Band News FM Belo Horizonte.

Confronto ameaça ministro da Saúde e reacende teses golpistas no país

Crises sem fim, sanitária, institucional e política de uma vez só em Brasília, que parece não se impressionar com a marca trágica de 75 mil mortes por conta da pandemia do coronavírus. A razão principal é a falta de coordenação e de uma liderança nacional agregadora, é bom que se diga, porque o país é grande e diverso e não é só de um ou dois segmentos. O ministro Gilmar Mendes foi cobrado pelo vice-presidente Hamilton Mourão, fotos Antônio Cruz/ABR E o país, nesse grave momento, segue à deriva dos acontecimentos e do voluntarismo de alguns. As críticas apresentadas pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tiveram o efeito de um soco no estômago de muita gente. E mais,

Reforma da previdência de Zema poderá ter mais 6 meses como a da PBH

A decisão do Ministério da Economia de conceder mais seis meses para a Prefeitura de Belo Horizonte fazer sua reforma da previdência poderá favorecer também os servidores mineiros. A medida foi adotada após apelo feito pela capital mineira em Brasília. Diante disso, como informamos no dia 9 passado, o líder do prefeito Alexandre Kalil (PSD) na Câmara Municipal, Léo Burguês (PSL), pediu a retirada do projeto de pauta no dia 3 último. Policiais fazem protesto diante da Assembleia Legislativa, foto Sarah Torres/ALMG Com a novidade, fica prorrogado o prazo de 31 de julho estabelecido pela portaria federal (1.348/19) desse ministério para que estados e municípios se adequem à reforma nacional. Ha

Cidade mineira briga por Bolsonaro em outdoor contra e a favor

Numa briga de lojistas da cidade de Sete Lagoas (região central de Minas), Bolsonaro é apoiado por uns e atacado por outros depois que ele assumiu que contraiu a Covid-19. De acordo com o site BHAZ, a briga foi inspirada em movimento que começou em Mato Grosso. Depois que um grupo de lojistas espalhou outdoors em vários pontos da cidade, no início do mês, apoiando o presidente, a reação foi imediata. Outdoors apoiam e atacam Bolsonaro em Sete Lagoas, reprodução site BHAZ Aproveitando a versão original da peça, outra turma criou versão virtual substituindo a palavra “apóia” (grafada com erro) pela frase “tá cagando e andando pro Bolsonaro”. Outro erro foi mantido da peça original que era assi

AMM aponta validade de decretos municipais na pandemia após decisão do TJMG

A Associação Mineira de Municípios (AMM) reafirmou a validade dos decretos municipais no combate à pandemia perante normais estaduais. A manifestação foi feita após decisão judicial, a pedido do Ministério Público estadual, para quem há conflito entre ações de alguns municípios e o estado. Julvan Lacerda é presidente da AMM e prefeito de Moema, foto site da AMM “Em verdade, a decisão somente reafirmou a presumida constitucionalidade das normas estaduais, que não se sobrepõem às regras municipais”, aponta nota da AMM. A referência foi feita em função do federalismo em três níveis autônomos e independentes, previsto na Constituição da República. “Quer as normas municipais, quer as estaduais de

De caçador à caça, Lava Jato vira investigada por decisão do STF

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu colocar um freio de arrumação para cima da turma da Operação Lava Jato. Já não faz muito tempo que o ministro Gilmar Mendes (STF) disse (em março de 2015, e repetiu em 7/2/2017 e 9/11/19) que estava próximo o “encontro com a turma de Curitiba”. “Temos encontro marcado com essas alongadas prisões que se determinam em Curitiba”, profetizou o controvertido ministro do Supremo. Mendes referia-se às operações da Lava Jato para investigar, pela primeira vez no país, os crimes de poderosos, os chamados ‘colarinhos brancos’. De acordo com o magistrado, as tais prisões alongadas, um dos expedientes usados em larga escala pela Lava Jato, “discordam e conflitam

Kalil diz que não foi eleito miss simpatia e que não cederá a empresário

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse, neste sábado (11), que não entregará a prefeitura para empresariado. “Não fui eleito para ser miss simpatia. A prefeitura não será entregue ao empresariado enquanto eu for prefeito”, afirmou ele, ao comentar campanha do segmento contra ele. Kalil concede exclusiva aos jornalistas da Band, Inácia Soares e Murilo Rocha, reprodução Youtube A declaração foi dada durante o programa Entrevista Coletiva da TV Band Minas. Setores do empresariado decidiram que irão fazer doações para candidaturas de oposição com o objetivo de tentar impedir a reeleição do prefeito. Segundo ele, há um “plano da elite” para levar a eleição para o segundo turno

Zema desabafa contra 2 derrotas no 1º tempo da reforma da previdência

Ao reclamar e criticar a reação dos servidores estaduais, tachando-os de egoístas e corporativistas, o governador Romeu Zema (Novo) ignora parte de nossa cultura e da democracia. Ainda assim, não se pode resolver a toque de caixa ou aceitar de pronto que a proposta do governador seja a melhor, como no caso as reformas administrativa, sindical e previdenciária que propõe. Governo Zema terá que esclarecer dúvidas na reforma da previdência, foto Gil Leonardi/ImprensaMG O sistema prevalecente ainda é a democracia, na qual apresenta-se uma proposta e ela é debatida e apreciada pelo Legislativo. No caso de Minas, por 77 deputados estaduais, que, por sua vez, devem ouvir os representantes do funcio

Campanha fará teste rápido para Covid-19 em motofretistas em BH

Motociclistas e motofretistas de Belo Horizonte serão convidados a participar, a partir da segunda (13), da 8ª edição da campanha “Ande Seguro CDL/BH”. Promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), por meio da Câmara Setorial Duas Rodas, a campanha irá realizar dez paradas educativas nos principais corredores de Belo Horizonte. Ali os motociclistas poderão receber kits de higienização e orientações para proteção e prevenção à Covid-19. Presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, reprodução site CDL/BH E mais, antenas corta cerol, além de permitir que seus veículos e equipamentos de segurança sejam avaliados. A primeira parada, que marca o início da “Ande Seguro

foto fenafisco dia do servidor2.jpg
banner amm 15 de junho 2020.png
dia%20do%20servidor_edited.jpg
epraja_blog orion (2) agosto 20.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo