Pode ‘Jair’ se acostumando, diz ministro: 1 dólar será igual a 5 reais

O dólar manteve a trajetória de alta nesta 3ª feira (26). Às 11h31m, a moeda chegou a R$4,26 e bateu novo recorde nominal. Um dia antes, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que “é bom se acostumar com o câmbio mais alto e juro mais baixo por um bom tempo”. A declaração foi feira durante o Fórum de CEOs Brasil-EUA. Daqui a pouco, a nota de U$1 será uma nota de R$ 5. “Vai ser ótimo que o dólar chegue a R$ 5, porque eu vou reduzir dramaticamente a dívida interna”, disse ele. Falou também que poderia vender reservas em uma hipotética crise. “Não tenho medo”. Nota R$ 5 pode ser igual à nota de U$ 1; Paulo Guedes acha bom, com foto Wilson Dias/Agência Brasil Mesmo com duas intervenções do

Zema dá reajuste de 37% a policiais em 3 parcelas anuais

Além de reconhecer as perdas, o governo Zema (Novo) cedeu à pressão de servidores da área de segurança e concedeu reajuste de 37%. A reposição se refere à inflação dos últimos quatro anos e será paga em três parcelas anuais: 13% em agosto do ano que vem. A segunda parcela, de 12%, em setembro de 2021 e a terceira, de 12%, em setembro de 2022. Zema participa da formação de bombeiros oficiais, reprodução do site Agência Minas/foto de Pedro Gontijo/Imprensa MG O anúncio foi feito nesta sexta (22) após reunião com entidades e lideranças do setor na Cidade Administrativa. A medida atende à reivindicação dos servidores da área, que ameaçavam paralisar a segurança pública e até interditar rodovias.

Senador mineiro negocia com Moro proposta de prisão após 2ª instância

O líder do DEM no Senado, o mineiro Rodrigo Pacheco, foi incumbido de negociar com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, o futuro da proposta de prisão após condenação em 2ª instância. Tão logo, ele recebeu a missão, nesta quinta (21), o ministro Moro o convidou a acompanhá-lo a Belo Horizonte, para trocarem ideias sobre o tema. O ministro participou, na capital mineira, da XVII reunião plenária da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla 2020). O fórum reúne, anualmente, instituições envolvidas no combate a esse tipo de crime. Sérgio Moro e Rodrigo Pacheco se reúnem em BH, foto Divulgação A iniciativa de Pacheco é de buscar pacificar com o ministro a discussã

Pimentel é condenado a 10 anos por tráfico de influência e lavagem de dinheiro

O ex-governador Fernando Pimentel (PT) foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado pela Justiça eleitoral de Minas. A sentença foi divulgada no início da noite desta quarta (20) pela juíza Luzia Divina Peixoto, titular da 32ª Zona Eleitoral de BH. O petista foi processado por tráfico de influência e lavagem de dinheiro no período em que foi ministro do Desenvolvimento Econômico (2011/2014). Ex-governador Fernando Pimentel, foto Marcelo Sant'anna/Imprensa MG De acordo com a acusação, Pimentel teria solicitado ou cobrado, ou ainda, obtido “vantagem, a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público no exercício da função”. Na mesma ação penal (nº 2-38.2019.6.13.0032), fora

Zema pagará 13º em dezembro; fim do parcelamento pode ficar para janeiro

O 13º salário deverá ser pago integralmente em dezembro pelo governo Zema (Novo) a todos os 600 mil servidores estaduais. Essa garantia vem do acordo firmado entre a Assembleia Legislativa, conforme avalizou, em entrevista, o próprio governador. Ele não só ratificou o entendimento como exaltou a parceria com a Assembleia, revelando um dado novo. O governo, por meio do secretário Bilac Pinto (da articulação política), aprendeu a lidar com o Legislativo. Ninguém escorregou na estratégia traçada. O nome do presidente da Assembleia, Agostinho Patrus (PV), foi o mais citado “a cada três palavras”, como observou um secretário. Pelo acordo, a Assembleia deverá votar até o dia 18 de dezembro o proje

Assembleia anuncia acordo por 13º salário; Zema não confirma

O cenário parece ser de acordo em favor do pagamento do 13º salário dos cerca de 600 mil servidores estaduais. A previsão é de a Assembleia Legislativa votar, até o dia 18 de dezembro, o projeto do governo Zema (Novo), que antecipa dividendos do nióbio com esse fim. Foi o que anunciou, na tarde desta segunda (11), o presidente da Assembleia, Agostinho Patrus (PV). Tudo indica que, como disse ele, o governo Zema (Novo) também estaria de acordo. Afinal, o líder do governo, deputado Luiz Humberto, assim admitiu e participou do anúncio. Com certeza, o governador não irá desautorizar seu próprio líder. Além dele, estavam presentes líderes de blocos partidários e presidentes de comissões temáticas

Veja por que a pressão de Zema sobre a Assembleia não irá funcionar para projeto do 13º salário

-Governo Zema pressiona Assembleia Legislativa para votar, até quinta (14) projeto destinado pagar o 13º salário dos servidores estaduais até quinta. Será que vai conseguir? Em caso negativo, pode atrasar o 13º salário deste ano para o funcionalismo? E ainda, o ex-presidente Lula está livre ou apena solto? Quais são os efeitos da soltura do petista para o meio político? Esses são principais temas de minha coluna Análise Política para a Band News BH FM. Ouça aqui REPRODUÇÃO PORTAL BHAZ: Romeu Zema (Novo) e Agostinho Patrus (PV)

Após municipalizar, Zema regulamenta licença ambiental 100% digital

O governo Zema (Novo) regulamentou, na quarta (5), o licenciamento ambiental 100% digital no estado. A resolução 2890, com a novidade, foi publicada no Diário Oficial, consolidando a iniciativa. Pela plataforma lançada no dia 31 de outubro último, o governo aposta na redução de gastos de até R$ 1,8 milhão. A informação é do secretário do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Germano Vieira. Isso será possível com o fim dos custos de armazenamento e trâmite de processos, compra de pastas, papel moeda e impressão de documentos. Veja o que sistema digital pode fazer A publicação define que, para fazer o requerimento da emissão de licença no sistema, o empreendedor deve realizar v

Comissão avalia legalidade de projeto de Zema para 13º salário e cobra vinculação

Comissão de Administração Pública aprova o projeto do nióbio, foto Guilherme Dardanhan A Comissão de Fiscalização Financeira da Assembleia quer verificar a legalidade e a destinação do projeto de Zema para pagar o 13º salário de servidores. Em primeiro lugar, a comissão quer saber se a legislação permite vender créditos do nióbio dos próximos 12 anos. Com a operação, o governo mineiro acredita arrecadar de R$ 4,5, bilhões a R$ 6 bilhões. Há avaliações de que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) impediria o procedimento. O governo contesta. Segundo ele, a LRF veda operações de crédito por antecipação de receita orçamentária no último ano de mandato (art. 38). E mais, de antecipação de recei

Zema homenageia ministra Damares com título de cidadã mineira

wp:paragraph Depois de criticar abusos em homenagens e medalhas, em 15 de fevereiro passado, o governador Romeu Zema (Novo) resolveu aderir à prática. Ele já concedeu Medalha da Inconfidência e o título de cidadania honorária de Minas ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). Junto com ele, o vice-presidente Hamilton Mourão e o ministro da Justiça, Sérgio Moro se tornarão ‘cidadãos mineiros’. Zema já homenageou até a si mesmo com a Medalha JK, no dia 12 de setembro passado, comenda que havia prometido extinguir. Na edição do diário oficial desse sábado (3), Zema assina outro decreto para nova homenagem. Desta vez, a agraciada é a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Regin

Bolsonaros põem ‘bode na sala’ toda vez que o fogo chega perto

Cercado de seguranças, Bolsonaro acena para populares em Ceilândia (DF), foto Antonio Cruz/ABR É uma tática manjada. O que impressiona é que tem dado certo no governo de Jair Bolsonaro (PSL ainda). Toda vez que uma grave crise (real), tenta cercá-lo, o presidente, ou um de seus filhos, inventa uma outra (artificial) para abafar a anterior. Além de manjada, a estratégia é conhecida como “colocar o bode na sala”. É uma metáfora antiga e seria mais ou menos como a seguir. Conta a lenda que o marido estava sendo cobrado pela mulher para trocar móveis, geladeira, as cortinas, enfim, gastar e investir na casa. Sem condições de atender, o que faz o marido? Comprou um bode e o levou pra dentro de ca

foto_vídeo_affemg_e_sindifisco_agosto20
banner amm 15 de junho 2020.png
epraja_blog orion (2) agosto 20.jpg
MAIS LIDOS
RECENTES
ARQUIVO
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Infograffo